Novidades
Home / Carnaval / A magia do Carnaval na cidade Ilustre do Brasil
A magia do Carnaval na cidade Ilustre do Brasil

A magia do Carnaval na cidade Ilustre do Brasil

Foram cinco dias de folia, curtição e diversão para os moradores e turistas de Cananéia. A festa começou na sexta-feira, dia 24 de fevereiro, com a banda municipal Maestro João Gonçalves de Araújo fazendo um tour pela cidade a bordo do trenzinho City Tour entoando marchinhas de Carnaval. “Foi uma grande surpresa como todos gostaram do trenzinho com as crianças tocando, as pessoas saiam de suas casas para assistir o início do Carnaval”, comentou Juliana Calônico, responsável pelo Departamento de Cultura. A noite, o Bloco Zé Pereira que trouxe para a Avenida uma coletânea de marchinhas e alegorias usadas em tempos mais antigos. Em seguida, o Bloco do Rafaelo, desfilou o samba enredo “Do lixo ao Luxo”, com dois carros alegóricos e muita alegria por parte dos integrantes. No Porto Cubatão o pessoal do Bloco do Bileco Doido fez a festa do bairro do continente!

No sábado, o Bloco Caprichosos do Acaraú teve um problema com seu carro alegórico o que acarretou em atraso a programação, mas não diminuiu a festa! Afinal quem não se emocionou lembrando de brincar de amarelinha, de falar a língua do P e de pular cancela? Todos voltaram a ser criança! O Bloco Tiduca entrou mostrando a riqueza do carnaval do Pernambuco e a beleza da cultura afro descente, tocando suas alfaias em um ritmo forte e contagiante. O Clube dos 13 exaltou na Beira Mar a não violência e pediu o desarmamento, trazendo à tona uma realidade pouco falada durante o Carnaval, um desfile muito forte e bonito. Para fechar a noite, o iniciante Bloco Tiganá veio homenagear um amigo, Marcelo, que faleceu em 2016 e foi o responsável por unir o grupo e ensinar que o mais importante na vida é a amizade, união e alegria. Nesse dia o Bloco das Torcidas veio com muita alegria para encantar os foliões do Porto.

O domingo começou cedo com uma Matinê para as crianças, que se divertiram na praça Martim Afonso de Souza com a Banda Municipal e a Banda Hollywood. A noite começou com o desfile do Bloco do Caranguejo, que além de andar para lá e para cá, para frente e para trás ele encontrou uma marinheira e fez uma linda festa em Cananéia. Em seguida o Bloco Acadêmicos do Rocio entrou na Avenida Beira Mar com muita cor e desenvoltura, contagiando a todos com um samba enredo sobre a imigração brasileira. Para fechar a noite o Bloco do Gato fez sua entrada usando uma sátira sobre a rivalidade entre cães e gatos. Labradores, São Bernardos, Pit Bulls e Vira-latas estavam na letra da marchinha. Já no Porto, que teve uma programação para todos os dias de Carnaval, além do Bloco do Curvão o DJ Julinho Emendex.

A segunda-feira foi um dia triste para a comunidade do Carijó, seu bloco não entrou na Avenida Beira Mar com seu enredo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo. Um acidente envolvendo um dos integrantes da bateria, e amigos de todos do Bloco Associação dos Moradores do Carijó, fez com que o desfile fosse cancelado. O apoio a essa situação difícil veio de todos os lados, mostrando que o povo de Cananéia é incrivelmente solidário. No Porto Cubatão, antes do desfile do Bloco dos Feios, houve um minuto de silêncio em homenagem ao jovem; já no palco montado no Centro Histórico a Banda Hollywood representou toda a Prefeitura e desejou luz e força para os amigos e familiares.

Na terça-feira, os Blocos se juntaram para a confraternização programada para o último dia e mostraram seus sentimento pelo amigo que perderam. Todos usaram faixas pretas amarradas no braço, além de uma prece ter sido rezada antes dos blocos seguirem para o desfile juntos, como um só. O Bloco do Zé Pereira encerrou a passagem dos blocos com sua coletânea de marchinhas e suas fantasias que remontam os antigos carnavais. A banda Hollywood que subiu ao palco todas as noites de Carnaval, voltou para animar as pessoas com sua seleção de músicas e ritmos para fechar com chave de ouro a festa.

 

Fotos: Isabella Rosa, Thayssa M. Mello, Gabriel Rosa e José Eduardo X. Silva

Deixe uma resposta

Seu email nao sera publicado. Required fields are marked *

*

Scroll To Top